Instituto Diánoia

A todes que vêm nos acompanhando todos esses anos, trilhando esse duro caminho de pesquisa e divulgação das ideias e conceitos da fenomenologia, de Edmund Husserl mas também dos que vieram depois dele, engrossando o caldo dessa escola de pensamento que até hoje é vigorosa, temos um anúncio e um convite a vocês:

A partir da percepção de que a fenomenologia e seus conceitos básicos vêm sendo cada vez mais implicados em debates e questões que (felizmente!) extrapolam o âmbito da filosofia e da matriz propriamente filosófica, na qual a fenomenologia se originou, com Husserl, decidimos criar um espaço alternativo e ao mesmo tempo complementar ao Núcleo de Pesquisa em Fenomenologia – um espaço menos obrigado com as amarras estritamente acadêmicas nas quais o NF surgiu e se expandiu, e por isso mesmo um espaço por um lado mais aberto ao trânsito interdisciplinar da fenomenologia, em especial com as áreas que mais a têm convocado para o debate, como a psicologia e a psicopatologia, mas principalmente um espaço mais livre de experimentação do pensamento – um laboratório de ideias, como gostamos de pensar.

E esse espaço pretende acolher as reflexões, as inquietações e as agonias da nossa existência e tentar dar um lugar a elas, a acolhê-las num espaço que é o do pensamento e do debate – o espaço dianoético dessa criação.

Por isso convidamos a todes interessades a visitar nossa página e seguir as atualizações e “espaços” de debates que criaremos oportunamente no instagram e também no facebook.

É com muita alegria e muita esperança que inauguramos esse espaço! Estamos de braços abertos!

É com muita satisfação que anunciamos a publicação do Dossiê “Nietzsche na fenomenologia”, acolhido pela revista Voluntas (UFSM).

Na capa da Revista Voluntas encontramos a imagem de dois filósofos ao centro, uma dobra na lateral superior direita da página com a imagem de Schopenhauer, no canto interior esquerdo o logo da Universidade Federal de Santa Maria e do Programa de Filosofia

O dossiê é mais um resultado das numerosas atividades de pesquisa, ensino e extensão desenvolvidas no contexto das várias iniciativas promovidas pelo Núcleo de Pesquisa em Fenomenologia, fundado pelos editores em 2017 e vinculado ao Programa de Pós-Graduação, em Filosofia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) em parceria com o Central European Institute of Philosophy, sediado na Charles University de Praga, na República Tcheca, e o Eugen-Fink-Zentrum Wuppertal (EFZW), sediado na Universidade de Wuppertal, Alemanha.

As contribuições estão sendo publicadas na modalidade de publicação contínua: confira aqui os artigos que compõem o Dossiê!

III Congresso Internacional de Fenomenologia e Psicologia e V Congresso Brasileiro de Psicologia e Fenomenologia

O III Congresso Internacional de Fenomenologia e Psicologia (III CIFP) e o V Congresso Brasileiro de Psicologia e Fenomenologia (V CBPF) será realizado no formato online nos dias 20 à 23 de julho de 2021, com o tema “Afetividade, Humanidade e Intersubjetividade”.

O objetivo será debater as contribuições teóricas e metodológicas que a Fenomenologia pode trazer para o debate atual do contexto histórico e social no qual estamos mergulhados, e para a construção das ciências regionais que, através do resgate da afetividade na construção do humano, na constituição de suas relações intersubjetivas, nos permite revisitar o sentido da ideia de Humanidade.

O Congresso busca integrar diferentes áreas do conhecimento, trazendo convidados nacionais e internacionais,e agrega as principais iniciativas que se dedicam à fenomenologia no Brasil como os Grupos de Trabalho (GT) Fenomenologia, Saúde e Processos Psicológicos da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP), e o GT de Fenomenologia da Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF).

Informações e inscrições: https://www.even3.com.br/cifp2021/

Fenomenologia como oikologia

Disponibilizamos a tradução para o Espanhol do instigante ensaio do Prof. Hans Rainer Sepp, no qual ele apresenta sua interpretação da fenomenologia como oikologia.

O artigo foi publicado na coletânea: Jan Giovanni Giubilato (ed.). Die Lebendigkeit der PhänomenologieTradition und Erneuerung/The Vitality of PhenomenologyTradition und Renewal (libri nigri, Bd. 70), Nordhausen: Traugott Bautz, 2018, pp. 276-29, e foi recentemente traduzido e publicado na revista Acta mexicana de Fenomenologia, 5 (2020), 15-21, que é um órgão internacional para a difusão da pesquisa filosófica e fenomenológica produzida no México.

Confira o texto do artigo aqui!

Dossiê: Eugen Fink

É com muita satisfação que anunciamos a publicação do primeiro dossiê dedicado a Eugen Fink, gentilmente oferecido e acolhido pelo prof. Adriano Holanda (UFPR) em sua revista Phenomenology, Humanities and Sciences. Além de textos de artigos ‘canônicos’ na recepção mundial da obra de Fink, como a leitura que Marc Richir faz da filosofia do jovem Fink, a interpretação que Guy van Kerckhoven oferece da VI Meditação Cartesiana, e artigos de grandes especialistas e editores das Obras Completas, como Hans Rainer Sepp e Cathrin Nielsen, o dossiê traz traduções inéditas de textos de Fink (“Disposição para a Edição dos Manuscritos de Bernau de Husserl”, de 1928, “A metafísica nietzschiana do jogo”, de 1946), além de um texto totalmente inédito, traduzido diretamente dos materiais dos Arquivos Fink e até então não publicado, mesmo em alemão: “Elementos para uma crítica a Husserl”, de 1940.

O número pode ser acessado pelo link: Dossiê Fink – Phenomenology, Humanities and Sciences

Esperamos que vocês apreciem o trabalho e aproveitamos para agradecer uma vez mais ao professor Adriano Holanda pela disponibilidade em aceitar a proposta, idealizada e realizada pelo Núcleo de Pesquisa em Fenomenologia! Boa leitura a todes!!

Minicurso “Eugen Fink e o projeto de uma fenomenologia meôntica”

Disponibilizamos a gravação completa dos quatro encontros do minicurso ministrado por Anna Luiza Coli e ocorridos nos dias 30/09, 02/10, 07/10 e 09/10 de 2020, para os interessades em conhecer um aspecto fundamental da obra desse (novo) grande nome da fenomenologia.

Os certificados e os materiais são exclusivos para aqueles que se inscreveram e participaram do evento e não estão, infelizmente, disponíveis para aqueles que podem ter, agora, acesso às aulas do minicurso. Agradecemos a compreensão de todes!

Curtam nossa página e nosso canal no YouTube para receber em primeira mão notícias dos próximos eventos — spoiler: elas estão quentíssimas!


Aula 1 – 30/09/20

Introdução a Fink e à obra “Presentificação e Imagem” (EDUEL, 2019)


Aula 2 – 02/10/20

Comentário da Introdução à obra “Presentificação e Imagem” (EDUEL, 2019)


Aula 3 – 07/10/20

Comentário da primeira seção do livro “Presentificação e Imagem” (EDUEL, 2019)


Aula 4: 09/10/20

Conclusão sobre o projeto “meôntico” com a apresentação de trechos inéditos, em português, das notas de estudo e trabalho de Fink (Phänomenologische Werkstatt) e do famos artigo da Kant-Studien, de 1933 (Die phänomenologische Philosophie Edmund Husserls in der gegenwärtigen Kritik)

I Encontro de Estudo e Pesquisa em Fenomenologia

O I Encontro de Estudo e Pesquisa em Fenomenologia foi organizado com o objetivo de inaugurar um espaço de diálogo entre os membros dos grupos de pesquisadores reunidos pelo interesse na pesquisa sobre a “escola fenomenológica”, tanto em suas fontes quanto em seus desenvolvimentos posteriores: o Grupo de Estudos de Fenomenologia do Departamento de Filosofia da USP, o GEFen, e o Núcleo de Pesquisa em Fenomenologia da UEL. 

O evento não é restrito a um único eixo temático, mas foi pensado como um instrumento de divulgação das pesquisas que vêm sendo atualmente desenvolvidas na grande área da fenomenologia no Brasil, com o intuito não apenas de abrir o caminho de contribuições futuras entre os pesquisadores, mas também, e principalmente, na esperança de reunir os esforços dispersos de pesquisadores e interessados em fenomenologia pelo Brasil afora. 

O evento é organizado em conjunto pelos grupos GEFen, da USP, e Núcleo de Fenomenologia, da UEL, como evento de consolidação da parceria em prol da divulgação e do fortalecimento da pesquisa em fenomenologia no Brasil.

As inscrições no evento são limitadas (100 vagas), e podem ser feitas pelo site oficial do evento.

Para quem ainda não visitou o site do GEFen, fica aqui o convite!

Esperamos vocês!